Cinco dicas para usar enxaguante bucal

  1. Leia a composição do produto
    Não use produtos que contenham Álcool em sua fÓrmula. Esse componente resseca a mucosa e provoca uma descamação. A consequência disso É a formação da saburra lingual, que provoca o mau hÁlito. TambÉm É importante usar produtos que tenham registro da ANVISA.
  2. A frequência varia
    Sempre o dentista vai orientar quantas vezes o enxaguante deve ser usado por dia. Cada caso É um caso. Em uma mesma famÍlia, uma pessoa pode usar uma vez por dia e outras nem isso.
  3. Último passo
    O enxaguante bucal deve ser usado sempre depois da escovação, fio dental e raspagem da lÍngua. A boca tem que estar livre de placa e a lÍngua sem saburra para o produto agir. Caso contrÁrio estarÁ jogando o produto pelo ralo.
  4. Não dilua
    As pessoas tinham o costume de diluir o produto por causa de sensação de ardência das versões com Álcool. Dessa forma, ficava mais fÁcil de aguentar o produto na boca por mais tempo. PorÉm, ao misturar o enxaguante com Água, o produto perde as propriedades e, com isso, sua eficiência.
  5. Coadjuvante
    Os enxaguantes são meios auxiliares de prevenção. Não existe produto milagroso para combater o mau hÁlito. Seu uso deve ser orientado pelo dentista, aliado À escovação, fio dental e limpador de lÍngua. Alguns enxaguantes são bons para prevenir a halitose, mas se usados por muito tempo podem causar manchas nos dentes.
Fonte:Terra

Escolha o melhor plano para o seu sorriso. Contrate já!
Contratar plano
Av. Passos, n° 120 / 11º Andar - Centro - Rio de Janeiro CEP: 20.051-040 - Tel: 2195-0200
Copyright © 2016. Uniodonto Rio de Janeiro. Todos os direitos reservados.
Selo ANS