Instituto Butantan

O estudo feito pelos pesquisadores do LaboratÓrio de GenÉtica do instituto levou À criação de uma tÉcnica que permite obter grandes quantidades de cÉlulas-tronco a partir do dente de leite.

CÉlulas-tronco embrionÁrias obtidas a partir de uma tÉcnica desenvolvida por pesquisadores do Instituto Butantan, em São Paulo, jÁ estão sendo aplicadas em seres humanos. Os primeiros resultados dos testes, visando À reconstrução do tecido que reveste a cÓrnea, deverão ser anunciados no segundo semestre de 2013.

"Fora do paÍs, hÁ alguns estudos avançados. PorÉm, eles não chegaram À quantidade de cÉlulas que a gente consegue obter. O grande achado do nosso trabalho É conseguir quantidades de cÉlulas suficientes para aplicação em humanos", destaca o pesquisador do Instituto Butantan , Nelson Lizier.

O estudo feito pelos pesquisadores do LaboratÓrio de GenÉtica do instituto levou À criação de uma tÉcnica que permite obter grandes quantidades de cÉlulas-tronco - capazes de gerar qualquer tecido do corpo humano a partir do dente de leite. "Essa nova tecnologia que nÓs conseguimos desenvolver permite que, de uma Única polpa [de um dente de leite], a gente consiga tratar muitos pacientes, em torno de 100 por dia", destaca Lizier.

Os Últimos testes feitos em animais mostraram que as cÉlulas não levam a nenhum efeito colateral quando comparadas a biofÁrmacos e a outras drogas. "As cirurgias jÁ estão acontecendo. A gente jÁ fez em dois pacientes, dentro do Instituto da Visão da Unifesp [Universidade Federal de São Paulo], responsÁvel por essa parte cirÚrgica", ressalta o pesquisador. Os resultados sÓ poderão ser divulgados apÓs o encerramento dos testes.

Um grupo de pacientes com lesões na cÓrnea estÁ recebendo as cÉlulas-tronco como parte do experimento. AlÉm da cÓrnea, os pesquisadores jÁ têm pesquisas sobre a aplicação das cÉlulas-tronco embrionÁrias em outras Áreas. "A gente jÁ tem estudos aqui dentro do grupo de pesquisa para a utilização dessas cÉlulas para regeneração de retina, para arteriosclerose, doenças cardÍacas, regeneração Óssea, de cartilagem, e implantes dentÁrios."

Os estudos sobre cÉlulas-tronco obtidas a partir de dentes de leite começaram a ser feitos no Butantan em 2004. Com essa tÉcnica, os embriões não são mais necessÁrios para a criação das cÉlulas-tronco. Assim, É possÍvel produzir do prÓprio organismo do paciente uma cÉlula igual À embrionÁria.

Fonte: Agência Brasil

Escolha o melhor plano para o seu sorriso. Contrate já!
Contratar plano
Av. Passos, n° 120 / 11º Andar - Centro - Rio de Janeiro CEP: 20.051-040 - Tel: 2195-0200
Copyright © 2016. Uniodonto Rio de Janeiro. Todos os direitos reservados.
Selo ANS